Entenda por que crianças pequenas acordam à noite

Sono crianca

O sono é um tema que sempre aparece quando se trata de maternidade. Todo mundo sabe que mãe não dorme, que a gente faz de conta muito bem, mas não dorme. Enfim, eu como representante da categoria também sei que meu sono não é a sétima maravilha do mundo, e isso por um motivo muito simples: até hoje a minha filha acorda à noite, pelo menos uma vez. São raras (ah, e como são raras) as noites em que ela segue linda e dorminhoca um sono de noite inteira. Conto nos dedos e dá vontade de chorar. Mas não me desespero. Sei que esse dia há de chegar, e por isso andei pesquisando sobre o sono das crianças pequenas, pois sono de bebê já falei um montão aqui, por exemplo nessa série de posts.

Pois bem, existem inúmeros motivos que levam uma criança pequena, como a Valentina, que agora está com dois anos e cinco meses, a ter um sono mais agitado. Vou listar abaixo (já que sou boazinha) os principais. E ainda oferecer de bônus as explicações da querida Laura Gutman, que sabe tudo de maternidade, sobre o sono das crianças após os dois anos. Enfim, fique aqui comigo, que esse tema dá bastante pano para manga. Continuar lendo

O medo não educa – Como o autoritarismo pode ser prejudicial para seu filho

Educacao Autoritarismo

Ultimamente, a minha filha está dando bastante trabalho para dormir à tarde. O sono da noite, na imensa maioria das vezes, é tranquilo. Ela vai dormir às oito, todos os dias. Porém a soneca diurna tem tirado a minha paz,. Ela resiste, chora, chora muito mesmo. Quando a Valentina percebe que eu fechei a porta do quarto para iniciar a rotina do sono da tarde, ela começa a pedir para sair do quarto, quer eu eu abra a porta, não me deixa pegá-la no colo de jeito nenhum. Entra em cena o famoso show das crianças de dois anos: a birra.

Confesso que eu não estava tão preparada assim para essa fase. Já falei sobre essa questão da birra há algum tempo (nesse post aqui), mas eu nem imaginava o que estava por vir. Agora sim posso dizer que ela entrou nos terrible two. Antes, era apenas ensaio. Bom, uma das principais motivações para as birras diárias dela é justamente a soneca da tarde.  Continuar lendo

Saiba a diferença entre terror noturno e pesadelo

terror noturno

De repente a criança acorda assustada, chorando sem parar, ou gritando, você tenta acalmar e parece que só piora. O que você pensa? Deve ter tido um pesadelo. É, pode ser, mas dependendo das circunstâncias pode ser um caso de terror noturno. É sobre isso que vou falar hoje. Continuar lendo

10 dicas para seu bebê dormir melhor

Dicas-para-o-bebe-dormir-melhor

Eu sei, você deve estar pensando: Lá vem a encantadora de bebês. Não, não sou encantadora de bebês, sou só encantadora mesmo…rs. Acontece que esse assunto é um dos que mais tiram a paz das mamães, não tem jeito. Eu já sofri como uma Maria do Bairro para fazer minha filha dormir melhor. Hoje, que ela tem quase dois anos, aprendi algumas coisas com a experiência e lendo a respeito. Por isso, estou aqui, para dividir o que aprendi, na esperança de que você, mãe que me lê, tenha um pouco de tranquilidade e consiga fechar os olhos e dormir também, de vez em quando.Vale ressaltar: as dicas abaixo estão mais apropriadas para bebês de 1 ano ou 2, mas a maioria vale para os bebezitos também. Vamos lá:

Continuar lendo

A mãe que não dorme

Sono do bebe

Já falei uma centena de vezes sobre sono do bebê. Sim, esse assunto é hit. Sim, esse tema rende. Pretendo falar mais e mais sempre. Mas hoje minha perspectiva vai ser outra: quero falar sobre a mãe que não dorme. Continuar lendo

Dicas para facilitar a rotina das mães solteiras – Primeira parte

Dicas para mães solteiras

Olá, minha querida leitora. Hoje o post vem do fundo do coração.

Peraí, não me entenda mal. Todos os outros também vieram, mas esse é um que emociona um pouco mais, que mobiliza cada célula do meu humilde ser. Pois bem, o assunto rende tanto que vou fazer uma série de posts seguidos sobre o tema. Em cada um deles vou abordar um aspecto e tenho certeza que vou deixar de falar um monte de coisa, pois ô assunto que rende. Pois bem, vou dar dicas para tornar as coisas menos difíceis para as mães solteiras que, assim como eu, odeiam essa expressão, mas infelizmente são sempre reconhecidas por ela. Já falei sobre o preconceito no post Olha lá a mãe solteira, porém as próximas linhas serão mais práticas. Quero, de verdade, ajudar com minha experiência as maẽs que passam pela mesma situação. Nesse primeiro post quero falar sobre uma das principais dificuldades: como fazer para ter  um tempo para si mesma. Continuar lendo

Dez mitos sobre cuidados com o recém-nascido

recem-nascido

Chegou o dia do post em formato de listinha. Como venho dizendo sempre adoro tudo que vem em formato lista. Leio todas que encontro e faço lista para tudo. Por isso pensei em um tema que tem bastante adequação para esse tipo de post: mitos!

Ah, como eu gosto dessas crendices! Fico encantada quando alguém vem dizer que recém-nascido tem que dormir virado para a posição sudoeste, caso contrário vai ficar com uma verruga no nariz. É tanta coisa que a gente ouve quando está naquela fase complicada do pós-parto, morrendo de medo de não dar conta desse negócio de maternidade, que eu resolvi listar aqui dez mitos sobre cuidados com recém-nascidos. Vale lembrar, o bebê é considerado recém-nascido até os 28 dias. A fase em que o bebê vai dormir, mamar, olhar com aquela carinha de ursinho carinhoso e só. E você vai se desesperar a cada espirro dele. É normal! Acontece nas melhores famílias.

Quer ver o que tem na minha lista? Chega mais! Continuar lendo

Bebês têm pesadelo?

Bebê dormindo

Sem suspense dessa vez. Sim. Bebês têm pesadelos.

Mas, Cíntia, quem é você? Alguma especialista de sono? Encantadora de bebês?

Não, não sou. Sou só uma jornalista curiosa. Fiquei com essa dúvida, após vivenciar alguns dias, muito pontuais, da Valentina acordando à noite, chorando muito, sem motivo aparente. Depois de um tempo, acalmava. Mas até lá, era aquele chororô. Daí pensei que talvez fossem pesadelos, mas não sabia se bebês tinham pesadelo. Então, fui pesquisar. Continuar lendo

Verdade 5 – O padrão de sono do bebê muda o tempo todo

Bebê dormindo

Então. Seu bebê é daquele tipo que dorme super mal, um pouquinho por vez, acorda com o barulho do oxigênio circulando e demora séculos para pegar no sono? Ou, o contrário, é aquele tipo dorminhoco: Toma banho, dorme. Come, dorme. Está brincando, de repente, dorme. Você não entende essas mães que reclamam do sono dos filhos, já que com você é tudo muito simples, seu neném é super de boa, aceita tudo, dorme horas e ainda por cima não acorda facilmente? Tenho um recado para você que é do primeiro tipo. E para você que é do segundo também. Isso tudo vai mudar. Desculpa. Essa é mais uma verdade sobre o sono dos bebês. O padrão de dormidas deles muda o tempo todo.

Continuar lendo

Verdade 4 – A rotina é a melhor amiga do sono do bebê

watches-928965_1920

Demorei, mas voltei. Ser mãe and dona de casa and jornalista home office toma bastante meu tempo. De vez em quando, bate uma exaustão, mas seguimos, pois é vida e ninguém quer ouvir minhas lamúrias, né não?

Hoje vou falar da quarta grande verdade a respeito do sono dos bebês. Sim! Rotina. Como essa danadinha faz diferença na qualidade do soninho deles! Eu sempre li isso, mas praticava mais ou menos, principalmente no começo. Com o tempo fui estabelecendo uma organização e hoje a Valentina já tem horários certinhos (nem sempre) e uma lógica no dia dela. Salvo dias caóticos (acontece nas melhores famílias), tem funcionado e o sono dela melhorou. Continuar lendo