Qual a idade ideal para colocar a criança na escola?

Idade-ideal-escola

A vida de quem tem filhos é cheia de dilemas. Daí você deve estar pensando:

— Ah, Cíntia, toda vida é! Conta outra, vai!

Pois bem, deixa eu me explicar. Não pare minha linha de raciocínio, eu me atrapalho toda. Prossigo.

A responsa de educar um ser humano é muito grande. Na fase em que os neurônios estão a todo vapor formando sinapses que vão acompanhar o indivíduo o resto da vida, a tarefa dos pais não é das mais fáceis. Eles estão mostrando, ali na primeira infância, como a criança deve encarar o mundo. Fora que tem que cuidar, dar segurança e condições de vida.

Uma das principais dúvidas das mães é: qual a idade certa para colocar as crianças na escola? Muitas vezes essa decisão nem chega a ser uma decisão, mas uma necessidade. Licença maternidade acabando, a mãe tendo que voltar ao trabalho: muitas optam por deixar com alguém de confiança, mas nem todo mundo consegue isso.

Eu entrei em parafuso também quando minha licença maternidade estava acabando e cogitei colocar em escolinha. Acontece que eu não tinha condições de pagar uma mensalidade que custava mais que um carro popular. Além disso, fiquei receosa de deixar a Valentina ali, tendo que esperar a vez dela para ter um pouco de atenção das cuidadoras. Não tem jeito. Na escola a criança é só mais uma. Ponto. Minha opinião.

Tive a sorte, como já contei aqui várias vezes, de trabalhar em casa alguns dias na semana. Nos outros, minha filha ficava com a madrinha dela. Não tem pessoa melhor, né? Acontece que estou aqui com minha pequena quase fazendo dois anos, na iminência de um novo emprego (fé, fé, fé. Bem-vindo 2017!) e começando a socializar mais. Claro que nesse período todo li algumas coisas sobre o assunto. Fiz uma pesquisa um pouco heterodoxa sobre a idade certa e cheguei a um número.

Escola-criancas

Minha linha de raciocínio. Contemplem, por favor!

Três anos! Essa é a idade que a esmagadora maioria dos especialistas que vi recomenda. Mas o mais taxativo e que dialoga muito com o que acredito sobre criar filhos é esse aqui: Steve Biddulph. Ele é um psicólogo, autor de alguns best-sellers sobre psicologia infantil. A entrevista que eu li sobre o assunto é essa aqui, divulgada na revista Época.

Ele pesquisou sobre o tema e chegou à conclusão de que bebês crescem e aprendem melhor quando têm apenas um ou dois adultos por perto o tempo todo. Ou seja, a família é quem deve cuidar da criança até os três anos, fase em que entra em cena uma melhor capacidade de socialização, recomendada para uma introdução ao ambiente escolar. Ele defende ainda que tudo que um bebê precisa é de amor. E amor demanda tempo. Não precisa nem falar que eu virei fã, né? Além disso, têm mais duas opiniões bem legais de pediatras que defendem também a ida da criança à escola por volta dos três anos. Você pode acessar as opiniões deles aqui e aqui.

Apesar de concordar muito com a opinião do Dr. Biddulph, acredito que cada situação deve ser encarada de modo único, pois não existem duas crianças iguais, elas se desenvolvem de modo todo particular e não podemos nunca colocar todo mundo no mesmo balaio como se fosse tudo maça. Acontece que essas pesquisas e opiniões ajudam os pais a embasarem suas decisões, a ponderarem os prós e contras. É só um fica a dica mesmo, tá? Espero que tenha gostado. Lembre-se que o mais importante é que a criança se sinta amada e segura sempre para tornar-se um adulto que experimentou o amor. Faz um bem danado para a humanidade! 

 

 

 

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s