Ter tempo para seu filho é o maior presente que você pode dar

tempo-para-os-filhos

Tempo. Todo mundo diz que não tem, mas, na verdade, ele está presente aí 24h por dia para todos os mortais. Sei, o trabalho demanda. A rotina nos espreme igual suco de laranja, mas o recurso do tempo é o mais valioso que temos. Ele é nossa vida passando, simples assim. Ora, por que acordei hoje com vontade de falar disso? Por que queria, no post de hoje, chamar a atenção para a importância de termos tempo para nossos filhos.

Já falei um pouco sobre isso em Crianças precisam de atenção, mas não falei do ponto de vista dos pobres pais, atolados no dia a dia, querendo o melhor para seus filhos, sem saber que “o melhor para os filhos” é a presença deles. Algo que, infelizmente, nem todo eles conseguem dar.

Confesso, fui uma privilegiada até agora do ponto de vista de ter tempo para a Valentina. Assim que voltei ao trabalho, comecei um regime home-office que me possibilitou ficar perto dela e ganhar um dinheiro também. Atualmente, o desemprego é o grande aliado dessa minha disponibilidade (ficou estranha essa frase, mas prossigo). Acontece que o fato de trabalhar em casa não foi algo que caiu do céu. Foi algo que aconteceu, por sugestão minha e confiança das minhas chefes, na época. Eu não tinha com quem deixar a minha filha, também não conseguia bancar uma escolinha boa. Foi o que levei para elas, junto com a sugestão do home-office. O que quero dizer com isso é que muitas vezes a gente pensa que não existe solução, pois só temos as mesmas ideias. Pense nisso.

Pensando tempo

Posso pensar usando esse chapéu na cabeça? Funciona melhor para mim…

Pois bem, ainda assim, eu sei que não é a realidade da maioria das pessoas. Que quase todo mundo precisa sair cedinho de casa, que passa o dia no trabalho, que perde um tempão no trânsito, e por aí vai. Mas o que trago hoje é a seguinte pergunta: você, que tem filho pequeno, precisa mesmo de um emprego que vai te escravizar por anos, tirando todo seu tempo e energia, duas coisas que deveriam ser revertidas para seus filhos?

Daí, você pode até esbravejar:

— Meu, essa mina está muito louca! Quer que eu largue o emprego. Quem é que vai trazer dinheiro para casa, então, sua pirada?

Eu respondo:

— Além desse emprego seu, que não te satisfaz em absoluto e só te consome, existem outros muito melhores, existe trabalho em meio-período, home-office, trabalho autônomo. Tem também aquela maravilha lá de ser o dono do próprio negócio, alguns conseguem porque correm atrás.

Cara leitora, não me abandone por que estou botando o dedo na sua ferida. O que quero dizer é que, a partir do momento em que um filho aparecer na sua vida, a sua mentalidade precisa estar orientada para esse pequeno ser, sua prioridade é ele, ele vai precisar muito do seu tempo, da sua energia, do seu amor.

— Ah, mas posso dar tempo de qualidade para ele! Muito melhor.

E eu digo:

— Besteira, besteira, besteira.

Tempo filhos

Tempo de qualidade é presença. Passar cinco minutos no intensivão do amor não quer dizer nada, só quer dizer que você colocou seu filho como tarefa do dia e está lá ticando mais um item da sua lista.

Gente, não sou eu que acho isso sozinha. Li uma entrevista bem legal sobre a importância do tempo, no site da revista Época, com o escritor, sociólogo e jornalista Sergio Sinay, autor de “Sociedade dos Filhos Órfãos” (vou comprar assim que passar na Saraiva…kkk). Ele fala exatamente isso, que tempo de qualidade requer quantidade de tempo, entre tantas outras coisas ótimas. Além desta entrevista, no site da Educar para Crescer, tem um material ótimo a respeito também. Leiam depois.

A administração do tempo requer um mínimo de organização, eu sei. Mas quase tudo na vida envolve você sabendo se organizar para conseguir fazer. Se você coloca como prioridade ter tempo para seu filho e se organiza para isso, tudo fica mais fácil, e seu filho, certamente, vai ser uma criança mais feliz. Principalmente na primeira infância, as crianças precisam muito dos pais perto, para orientá-los, amá-los, brincar com eles. Eu sei que é complicado ter tempo para sentar no chão e ficar brincando de montar lego, quando é você que faz tudo em casa, que trabalha fora, ou sei lá. Acontece que eu faço tudo em casa, trabalhei fora sempre, e mesmo assim sempre priorizei ter tempo para a Valentina e venho conseguindo fazer isso, com sucesso.

Como faço para tornar isso possível? Aproveito  os momentos que tenho com ela para que ela sinta minha presença, para que ela saiba que a mamãe está ali. Claro que paro para arrumar a casa, claro que paro para fazer minhas coisas, mas o meu tempo é basicamente quase todo para ela. Ela é minha parceira em tudo. Arruma a casa comigo (gente, ela pega uma escova e finge que está limpando. Calma aí, que ela ainda não lava louça. Ainda…rs), toma banho comigo, se eu precisar ir ao mercado ou farmácia, ela também vai. Em quase todas essas ocasiões, tento brincar com ela, coisas simples, como deixar ela ajudar, colocá-la no carrinho do mercado e fingir que estamos em uma corrida, contar uma historinha para ela dormir ou uma musiquinha, enfim. Ela é parte da minha vida mesmo, da minha rotina e tudo mais.

Tempo para os filhos 2

Nossa! Isso é quase tão lindo quanto eu.

O que eu não consigo fazer com ela, faço quando ela dorme. Já disse anteriormente, ela dorme super cedo, por volta das 20h e ainda tira uma soneca à tarde. Ou seja, tenho tempo só meu nesses horários. O que quero dizer com esse post é que eu sei que você trabalha para dar um futuro melhor para seu filho, que seu tempo é todo dele também, mas que nem sempre você consegue ficar brincando com ele e tudo mais. Mas você precisa saber que seu filho precisa de você olhando para ele, de vez em quando. Brincando sim, meia hora que seja, de faz-de-conta, de montar, de bolinha de sabão.

O trabalho é essencial na vida da gente, também acho. Mas há trabalhos e trabalhos. Quem tem filho precisa aprender a escolher empregos que permitam uma maior flexibilidade, não tem jeito. Quem tem filhos precisa entender que “dar futuro” para eles é estar presente agora, pois você vai piscar os olhos e a infância do seu pequeno vai ter passado, e você nem percebeu.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Ter tempo para seu filho é o maior presente que você pode dar

  1. Isabela disse:

    Oi cintia! Gosto de ler e reler suas colunas e procurar sempre ser uma mãe melhor… Mas tem dias que o cansaço vence e tudo vai pro água baixo… Mas filhos sempre te endem, te aceita do jeito que somos… Gostei muito sobre o assunto de tempo, o qual sempre pensei, será que o meu tempo é suficiente?… Li a entrevista e adorei tbm, e cada opinião foi o que pensei… Daí me vem na memória o pai ausente na nossa família… Fico sem saber o q fazer, não faço drama pra minha filha, mas ela tbm acho q não entende ainda… (Minha filha tem tres anos)

    Curtido por 1 pessoa

    • Cíntia Ferreira disse:

      Oi, Isabela! Esse cansaço que você sente é absolutamente normal. Muitas vezes me sinto assim também. Faz parte da ambiguidade de ser mãe essa exaustão de cumprir um papel tão pesado. Mas fique tranquila, nossos filhos nos amam incondicionalmente. Eles sentem nosso amor. Isso é mais importante. Continue acompanhando o blog. Pode sugerir temas também. Fique à vontade! A casa também é sua:)

      Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s