O que comprar para montar o enxoval do bebê?

Grávida - Lista de enxoval

Hoje o post é para as grávidas, principalmente para aquelas que já entraram na fase obscura de ter que comprar o enxoval do bebê. Sim, é uma fase complicada. Se, assim como eu, essa etapa foi deixada para o terceiro trimestre de gestação, nem se fala. Lembro de pedir aos céus por uma cadeira nas andanças para comprar as coisinhas da Valentina. Isso por que só fazia uns cinco minutos que eu estava comprando. Porém, tem como fazer esse desafio ser menos complicado: basta saber, de uma mãe experiente e generosa (eu, eu, eu, eu) o que é essencial na hora da compra. Sim, pois muita gente vai falar que tem que comprar a tal da poltrona da amamentação, que bebê sem esterilizador de mamadeira não é feliz, e por aí vai.

Pois bem, na lista de enxoval abaixo eu dou meus pitacos a respeito dos itens que considero essenciais para as mamães terem quando o bebê chegar. Claro que não vou colocar tudo, fralda você já sabe que precisa, roupa das mais variadas você também já está ligada que vai ter que comprar. Nem vou falar que bebê precisa de sabonete, tem que ter uma tesourinha para cortar a unha toda semana, tem que ter um lugar para ele dormir, que pode até ser um berço, e etc. Tudo isso, minha gestante querida, você já sabe. Vou falar de itens um pouco diferentes. Minha lista de enxoval está bem heterodoxa, mas tudo bem.

Vamos lá? Olha só o que você precisa ter anotado no papel na hora que for rumar para as compras:

Body – Sei que disse que não ia colocar roupas, mas gosto de quebrar umas promessas de vez em quando (haha. Mentira). Não é isso. É que acho importante que as futuras mamães saibam que o body veio para facilitar nossa vida. Compre muitos! Leve em conta se o bebê vai nascer no inverno ou verão, e compre de acordo com isso. Bebês e bodies são como queijo e goiabada: combinam muito! É prático, pois não sai do lugar nas trocentas vezes que você vai pegar o bebê no colo. Além disso, dura bastante. Tente comprar mais tamanhos M e G, pois o bebê vai usar essa numeração mais tempo.

Algodão – Compre muitos pacotes. Pense que o bebê, no início, vai passar por umas oito trocas de fraldas e isso significa que o bumbum dele vai ver algodão quase 24h por dia. Algodão e água são o suficiente para fazer a higienização. Se você sentir que o negócio está feio, pode apelar para um sabonete, mas, na maioria das vezes, nem precisa. Lenço umedecido só é útil nos passeios. Não use todo dia. Ele é cheio de produtos químicos que podem irritar a pele delicada do bebê. A rotina demanda muito algodão. Compre de rolo. Faça estoque. Você vai precisar.

Gaze – Um item tão simples, tão humilde perdido naquele mundão de coisas lindas de bebê. Muita gente esquece, mas o bebê, nas primeiras semanas, precisa desse item para a higienização do coto umbilical. Toda troca e todo banho demandam essa limpeza para ajudar na cicatrização. Claro que a gaze não vai fazer o trabalho sozinha. Ela tem um companheiro. É ele: o álcool 70%!

Álcool 70% – Pois é. Ele e a gaze vão ser parceirões do umbigo do seu bebê nas primeiras semanas. Não pode ser outro tipo de álcool. Só serve esse. A importância dele é a dita anteriormente: vai ajudar a cicatrização do umbigo do bebê. Qualquer farmácia vende, fica tranquila, mas não esqueça de comprar.

Pano de boca – Bebês babam e soltam coisas pela boca o tempo todo. É o arroto pós mamada, é a saliva no canto da boca. Por isso é importante ter esses paninhos menores que fralda para ajudar a limpar essa bagunça toda. Além disso, o bebê vai te sujar muito e por muitos anos. É o leite que volta, comida que derrama, catarro de gripe. Mãe sofre até nisso. Como é inevitável que isso aconteça, é importante que um paninho salvador faça parte da rotina.

Babador – Hoje estou repetitiva, mas tudo bem. De novo: bebês babam muito, principalmente por volta dos quatro meses, quando a gengiva começa a se preparar para o nascimento dos dentes. Além disso, bebês ainda não tem uma maturidade neurológica tão desenvolvida para deixar toda aquela saliva na boca. Pois bem, não esqueça de comprar babador. Eu acabei negligenciando esse item, depois tive que correr atrás para comprar. Tem cada um mais bonito que o outro. E não são tão caros. Dá para incluir na lista de enxoval sem chorar.

Sling – Eu vou fazer um mea-culpa: eu comprei e usei super pouco, mas sei da importância do sling como facilitador da vida de mãe. Como eu não tinha treino, acabei deixando para depois e o depois demorou demais (hahaha). O sling é aquele carregador de pano, que possibilita que a mãe segure o pequeno no colo, mantendo as mãos livres para fazer outras coisas (0lha que maravilha!) É super seguro e importante para o bebê, tendo em vista que bebês novinhos precisam estar em contato com a mãe quase que 24h por dia mesmo (falei disso aqui). O colo é necessidade básica dos bebês. No entanto, nós, mães, sabemos que a rotina doméstica acaba atrapalhando, pois é a roupa que tem que pegar, a comida que tem que fazer, e por aí vai. O sling possibilita que essa equação beneficie tanto o bebê, quanto a mãe. 

Trocador e organizador – Para todas as trocas de fralda, é importante sim ter uma superfície segura para o bebê. Um lugar limpinho para ele ficar, enquanto você faz o trabalho sujo (literalmente). Pode ser um trocador mais fofinho, mas pode ser um daqueles portáteis. O importante é te esse espacinho do bebê. Além disso, compre uma caixa ou cesta, reaproveite o que tem, e coloque os itens básicos das trocas nele. Vai facilitar muito a sua vida. Se quiser ostentar, pode até comprar um kit higiene. Mas é caro, viu? Depois não diga que não avisei!

Bebê conforto – Bebês precisam ir ao médico muitas vezes. Não necessariamente por que eles ficam doentes, mas para as tais consultas de rotina, nas quais o pediatra avalia o crescimento e desenvolvimento do pequeno. Pois então, se você usa carro, tem que ter bebê conforto, não tem jeito. Compre de boa procedência, verifique se tem selo do Inmetro. Saiba que isso é pela segurança do bebê. Esse item será usado até por volta de 1 ano, quando entra em cena a cadeirinha do carro. Além da importância na direção, o bebê conforto vai quebrar um galho e tanto em casa, no dia a dia. Eu usava, muitas vezes, para deixar a Valentina quietinha, enquanto eu arrumava a casa. Ela ficava lá me olhando e eu conseguia fazer as coisas.

Bom, a lista de enxoval com itens essenciais, segundo minha própria pessoa, é essa. Não se esqueça que eu fiz lá atrás uma lista com itens que NÃO vale a pena comprar. Depois confere. Se já tiver visto, veja de novo. Mal não vai fazer (rsrsrs). Bjs.

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “O que comprar para montar o enxoval do bebê?

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s