Bebês têm pesadelo?

Bebê dormindo

Sem suspense dessa vez. Sim. Bebês têm pesadelos.

Mas, Cíntia, quem é você? Alguma especialista de sono? Encantadora de bebês?

Não, não sou. Sou só uma jornalista curiosa. Fiquei com essa dúvida, após vivenciar alguns dias, muito pontuais, da Valentina acordando à noite, chorando muito, sem motivo aparente. Depois de um tempo, acalmava. Mas até lá, era aquele chororô. Daí pensei que talvez fossem pesadelos, mas não sabia se bebês tinham pesadelo. Então, fui pesquisar.

Quem acompanha esse meu blog sabe que, vez ou outra, estou falando do sono do bebê. Sim, esse assunto me apetece. E sei que é um tema que traz muitas dúvidas, principalmente, para as mães de primeira viagem. O fato é que em vários posts (como esse: Bebês tem sono mais leve) eu falei das fases do sono do bebê durante a noite. Uma dessas – a fase REM – é a que produz os sonhos. Muito diferente daquele momento tranquilo que dormimos pesadão, no sono REM nosso sono é bastante agitado. É nele que retemos o aprendizado. Pois então, por que estou falando isso?

Por que – como disse lá atrás – bebês também entram em sono REM, igual todo mundo. E isso desde que são fetos, encolhidinhos nas barrigas de suas mamães. Recém-nascidos, por exemplo, passam quase 50% do tempo na fase de sono REM. Faz sentido: eles estão em pleno desenvolvimento acelerado. É natural que essa etapa seja mais importante mesmo.

Pois bem. Agora é só ligar os pontos. Se bebês têm sono REM, bebês têm sonhos. Gente como a gente! Tendo em vista que sonhos são “retratos” (um pouco distorcidos…kkk) do que vivemos no nosso dia a dia, é natural que os nenéns sonhem com o que é rotina para eles. No entanto, como eles não têm ainda a maturidade neurológica, eles acabam por sonhar com sensações, cores e formas. Ora, essas sensações, por exemplo, podem ser de algo negativo. Daí entra o pesadelo. Viu como faz todo sentido?

Antes que vocês me digam que não vão cair nessa teia de raciocínio by Cíntia, eu vou referenciar isso que disse. Tem uma matéria curtinha, bem legal, na site da revista Crescer, que fala sobre isso. E outra na Superinteressante que aborda esse assunto também. Entrem lá e comprovem.

Ah! Caso vocês presenciem um episódio de pesadelo com seus bebês, já sabem: acalmem com muito colo, digam que está tudo bem, que a mamãe está ali, enfim. Era o que eu fazia. Dava certo. Mais para frente vou falar mais sobre pesadelos em crianças maiores, terror noturno, e outras cositas más.

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Bebês têm pesadelo?

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s