Verdade 4 – A rotina é a melhor amiga do sono do bebê

watches-928965_1920

Demorei, mas voltei. Ser mãe and dona de casa and jornalista home office toma bastante meu tempo. De vez em quando, bate uma exaustão, mas seguimos, pois é vida e ninguém quer ouvir minhas lamúrias, né não?

Hoje vou falar da quarta grande verdade a respeito do sono dos bebês. Sim! Rotina. Como essa danadinha faz diferença na qualidade do soninho deles! Eu sempre li isso, mas praticava mais ou menos, principalmente no começo. Com o tempo fui estabelecendo uma organização e hoje a Valentina já tem horários certinhos (nem sempre) e uma lógica no dia dela. Salvo dias caóticos (acontece nas melhores famílias), tem funcionado e o sono dela melhorou.

O da noite, pois o da tarde ainda me leva as lágrimas (brincadeira. Nem tanto). 

A rotina é uma querida muito mal interpretada. Tem gente que jura de pé junto que odeia mesmice, mas olha lá a vida do sujeito: todo dia ele faz tudo sempre igual. Quando experimenta, sei lá, ir por outro caminho para o trabalho, o cachorro morde, ele pisa no cocô, o carro passa na poça e suja a roupa dele de lama. Enfim, não dá certo. No entanto, esse indivíduo continua dizendo que rotina é chata, ninguém merece, credo e cruz. 

Acontece que a gente não vive sem rotina. Ela dita o norte na nossa vida. Além disso, a organização facilita nosso dia e torna o tempo mais produtivo, digamos assim. Sou defensora voraz dessas duas coisas. Mas não é de mim, nem do mundo dos adultos que vou falar (santo Deus da prolixidade). O negócio aqui é falar dos pequenos, bebezitos. São eles o foco aqui nesse Blog. 

Então, bebês e crianças pequenas vivem a vida intensamente.

baby-1270030_1920

Curtindo a vida adoidado!!!!

Tudo para eles é novo. Eles experimentam e vivenciam situações estranhas o tempo todo! No entanto, o desconhecido o tempo todo hiperestimula a criança. As repetições funcionam, nesse caso, como uma forma eficiente de lidar com o desconhecido. Daí entra a rotina. O pequeno, com o tempo, vai percebendo que tem uma hora do dia que ele come, a outra que ele dorme, a outra que ele brinca, e por aí vai. Saber o que vai acontecer dá segurança para eles. Lembrando que esse sentimento é importante par ao bom desenvolvimento na primeira infância.

Pois bem: o sono. Como já disse anteriormente, dormir começa com nosso corpo relaxando e entrando no “modo” desligar. Por isso, antes do bebê efetivamente dormir, é importante fazer atividades mais tranquilas para o neném já ir entrando no clima. Assim, por exemplo, não adianta tirar a criança no meio da brincadeira de pular, subir, gritar, correr achando que ela vai aceitar dormir de boa. Não vai. Está ligadona. Vai querer brincar mais. E aí já viu: horas e horas de cansaço tentando fazer o pequeno dormir. 

Porém, se pouco antes da hora de dormir, a mãe dá um banho morninho, conta uma história, canta baixinho para o pequeno, gente, quem não dorme assim? Sim. Eles relaxam. Baixa aquela agitação toda e o ato de dormir fica mais fácil. Isso se chama ritual e é alma gêmea da rotina. Essa linda!

Eu demorei para perceber isso, apesar de ter lido umas cem vezes a respeito. Lembro de várias vezes pegar a Valentina para tentar fazer dormir (tentar. Coitada de mim!), sem sucesso. Isso por que fiz o que mencionei acima. Tirei a minha filha do cenário de brincadeira para inserir no cenário do sono, sem fazer a transição. Claro que não dava certo. Ela, superestimulada, ria, gritava, agitada que só ela, e nada de pegar no sono. E eu, bem, eu era uma presença ausente, digamos assim. 

Tired

Mas aprendi a lição. E agora tudo tem sido mais fácil, pois introduzi o ritual do sono, principalmente à noite. De tarde, está sendo mais complicado, pois ela está na transição de duas sonecas para uma, passando por um tremendo pico de desenvolvimento (vou falar mais dele nos próximos posts) e fica difícil adivinhar o horário que vou conseguir fazê-la tirar a soneca diurna. Normalmente é depois do almoço. Mas tem dias que ela finge que vai dormir e acorda (te enganei, mãe!). Eu, desconsolada, tento sempre um pouco mais tarde. Mas daí ela vai ficando mais cansada, dificultando minha maternagem. 

No entanto, depois de criar essa rotina, o sono noturno tem sido ótimo. Tem noites que ela embarca dormir noite inteira e eu acordo felizona dia seguinte. Por isso, fica a dica: criem um ritual, aprendam a desacelerar o bebê de vocês, tenham horários fixos (mas não rígidos, tudo nessa vida exige flexibilidade) e vejam a vida de vocês mais alegre e feliz por que o neném está dormindo que nem um anjo no cantinho deles.

Ah! Tem informações muito legais sobre a importância da rotina na vida das crianças, nesse site. Até o próximo post! 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Verdade 4 – A rotina é a melhor amiga do sono do bebê

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s