10 pequenas coisas que fazem da maternidade uma maravilha

Bebê e mãe - Felicidade

Listas! Adoro. Amo. Idolatro. Não sou quem sou sem elas. Estava achando muito estranho, pois esse blog estava carente delas. Não pode! Então, eis que resolvo inaugurar esse supra sumo do recurso de escrita, mostrando isso mesmo que está no título: dez pequenas coisas que fazem da maternidade uma maravilha. Sim, pequenas coisas, não aquelas grandes, ENORMES, do tipo, amor incondicional, virei pessoa melhor, etc, etc, etc. Pequenos detalhes, rotina mesmo, que fazem o dia a dia das mamães mais bacana, positivo, sorriso escancarado. Eu enumerei aquelas que a minha memória deixou (ainda tenho aquele esquecimento das grávidas. Tô esperando melhorar em 2016). Quer saber? Olha só:

Experimentar papinha de bebê – Sim, coloquei isso aqui, porque descobri que uma das comidas mais deliciosas da face da Terra é a papinha do bebê. Como pode brócolis amassado ser tão bom? Desde que comecei a dar alimentos sólidos para a Valentina, a alimentação aqui em casa ficou muito melhor, mais nutritiva. Sempre faço bastante para experimentar as sobrinhas que ela deixa. Bom demais!

Brincar – Sabe aquela criança que mora em você e só aparece quando você está MUITO feliz ou sozinho? Então, bebês despertam essa criancinha amuada e a fazem aparecer. Sem você perceber, um belo dia estará brincando no chão, fazendo caretas, imitando vozes e dando vida aos brinquedos na sala. A gente renasce nessas horas. Sério mesmo.

Não precisar de despertador – Sim. Tenho um segredo. Normalmente, crianças acordam super cedo. E o cedo a que me refiro não é dez horas da manhã, que já é quase hora do almoço. É, tipo assim, sete da manhã. Sim. O galo canta e o bebê acorda, não necessariamente nessa ordem. No entanto, isso é ótimo. Pensa no quanto você odeia aquele som irritante do despertador? Nunca mais! Vai acordar, depois da maternidade, com aquela cara linda de bebê à sua frente. Uma troca linda, não é não?

Ouvir gargalhada de bebê todo dia – O que para você é trivial e sem graça, para um bebê é HILÁRIO. Eles não somente dão risada, eles gargalham. E por tudo. O cachorro que late, o gato que corre, o brinquedo que aparece e desaparece. Eles acham graça até das nossas piadas mais ruins. E aquela gargalhada dele faz a gente rir automaticamente. É felicidade pura.

Ganhar abraços a todo momento – Bebês são carinhosos. Eles beijam, abraçam, apertam. Uma das coisas que a Valentina faz muito, por exemplo, é correr para o meu colo, assim que chamo o nome dela. E aquela carinha de amor puro é boa demais. Não tem como o dia ficar ruim depois disso.

Olhar a vida com inocência – Tudo para um bebê é novidade. Eles não têm aquela coisa chata que a gente têm que é o tédio. Não existe essa palavra no dicionário deles. Aquele exercício que, vez ou outra, tentamos fazer de desacelerar, olhar o mundo, fazer as coisas com mais amor e menos pressa, são coisas que o bebê faz sempre. E isso dá a oportunidade para nós, mamães, fazermos o mesmo. 

Bebê e ursinho - Pixabay

Mudar um pouco a Playlist – Se as suas músicas preferidas consistem em Rihanna, Beyonce, One Direction ou similares, você vai mudar um pouquinho seu gosto musical, depois que o bebê nascer. Sai Coldplay, entra Galinha Pintadinha. E é ótimo também. Você vai curtir e saber de cor TODAS as músicas, porque elas vão passar nongentésimas quadragésimas vezes por mês. Vão colar na sua mente e você vai se pegar cantando elas até no trabalho. Olha que legal para sua socialização!

Dançar do jeito que você sabe – Sim, porque nas festas que você vai, tem sempre aquele medo de parecer ridículo, ainda mais se você for meio desajeitada (se for, melhor não dançar. Siga meu conselho). Mas com seu bebê você vai poder (e ele vai te obrigar) a dançar do jeitinho que você sabe. Eles dançam muito, adoram música e vão te dar a oportunidade de exercitar-se, sem julgamentos. 

Ganhar oportunidades de fofurice todo dia – Isso inclui o cheirinho do bebê que é a coisa mais maravilhosa do mundo, aquele corpinho fofinho, que dá sim vontade de morder (não negue) e que a Ciência até explica (clica aqui, se ficou curioso). Tem também o cabelinho fino, fácil de pentear, os dentinhos branquinhos e pequenininhos (ainda imaculados daquela figura chamada dentista), enfim, tem muitos inhos para fazer o dia mais leve. 

Presenciar cenas de otimismo diariamente – Um dia seu pequeno vai te ver chorando e vai rir para você. Sim, ele não vai entender que você está triste e vai te devolver um sorriso lindo de bebê. O que você vai fazer depois disso? Parar de chorar, claro! Secar as lágrimas, lavar o rosto. Depois de minutos, estará lá brincando com seu filho e, sem perceber, a tristeza foi indo embora, até passar. 

Bom, esse foi meu TOP 10. Achei que ficou digno. E vocês têm mais itens para acrescentar a essa lista? 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “10 pequenas coisas que fazem da maternidade uma maravilha

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s