Por que meu bebê não dorme a noite toda?

Bebê dormindo 2

Dormir! Todo mundo gosta. Pouca gente tem restrição à essa necessidade básica e quase toda as pessoas adorariam poder dormir mais. Antes dos filhos a gente acha que dormia pouco, mas depois que eles nascem…

Ah, que tempo bom aquele que você ia para cama, esticava-se toda, suspirava e adormecia, linda e divina, e cerca de oito horas depois, acordava, lívida, perfeita, comercial de Margarina. Daí você virou mãe e aquelas noites mágicas de sono seguido foram para o mundo das recordações (era bom e eu não sabia!). Todo mundo sabe, mas ninguém se conformou ainda: bebês dormem sim muito tempo, mas quase nunca de forma seguida. E essa fragmentação é a responsável por aquele hematoma nos olhos, também conhecido como olheiras, durante meses. Nas próximas linhas, vou somente dizer o óbvio, mas leiam. Tem muita mamãe que acha que seu bebê só pode ter alguma coisa errada por acordar tanto a noite. Queria dar minha singela contribuição para desmistificar a ideia de que bebês têm obrigação de dormir a noite toda.

Não têm! Não devem! Não é bom para eles.

Eu pesquisei muito sobre sono dos bebês depois que a Valentina nasceu. O motivo? O único dia que ela dormiu a noite toda foi no dia que nasceu. E mais nunca.

Opa, peraí! Estou escrevendo esse post por que dia desses ocorreu um fato inédito. Demorei para acreditar, me belisquei, recapitulei meus sonhos, mas era verdade: no dia 12 de janeiro minha filha de 1 ano dormiu de meia noite até sete da manhã! Isso quer dizer que eu emendei 7 horas (!!!!) de um sonão lindo como há muito não vi. Foi maravilhoso. Dia feliz demais.

Gato feliz

Acordei assim hoje! Não sei por quê

 

No entanto, esse fato só ocorreu doze meses depois do nascimento da pequena. Antes disso, o sonho de uma noite inteira de sono não passava de uma estrela cadente que a gente pede tanto para cair na nossa vez e nunca cai.

Como ela dormia super pouco e extremamente picotado, quis saber se era normal (sim, já fui dessas!). Que bom que há pessoas lindas falando coisas ótimas na internet e nos livros. Foi assim que descobri que treinamentos para fazer bebês dormirem mais são ineficazes e péssimos para os nenéns (quer saber exatamente por quê? Clica nesse link: Intervenção no sono dos bebês pode ser prejudicial). Foi assim que recebi dicas ótimas de como se adaptar nesse comecinho e, mais importante, foi pesquisando que cheguei a uma conclusão que meu coração já sabia: minha filha acordava muito por que tinha que ser assim.

Vou falar algo surpreendente: bebês não são adultos. Sim! Parece absurda e até ridícula a frase, mas tem uma galera que acha que esses seres angelicais não somente são cópias dos adultos, como são da pior espécie: manipuladores, mimados e birrentos. Não, né? Como é que uma criatura que não tem o cérebro totalmente desenvolvido, que não sabe andar, nem falar, nem nada, vai dar conta de ser vilão de novela dessa forma.

Bebê anjo

Shhh!! Sou do mal, sou bicho ruim. Estou maquinando como fazer mal para meus pais

Bebês, na imensa maioria dos casos, precisam dos pais para dormir. Não tem jeito. Vai ter que dar de mamar, ninar, balançar, cantar para ele nos primeiros meses. Eles precisam de segurança. Precisam saber que tem alguém ali para cuidar dele. Lembre-se que dormir é um ato extremamente solitário. Como um bebê vai lidar com isso? Querendo aconchego, querendo calor, querendo a mamãe. Ele não sabe, por exemplo, que quando a mãe desaparece da frente dele, vai reaparecer. Ele não tem desenvolvimento neurológico para tanto. Um bebê que chora no berço e não é atendido sente-se abandonado. Acostuma-se com isso por causa de uma coisa chamada extinção de comportamento. Tem um post ótimo no blog Cientista que virou Mãe que explica direitinho isso: Céus! Pari o Darth Vader. Clica lá (mas termina de ler o meu primeiro, tá?).

Voltando ao sono, bebês dormem de forma bem diferente de nós, adultos. Sim, eles fecham os olhinhos, relaxam a musculatura e apagam. Mas dentro da mente deles, é tudo outra coisa. Apesar de toda humanidade revezar entre o sono profundo e leve, nos bebês esse revezamento não é tão simples: eles ficam mais tempo no estágio de sono leve do que no profundo.

Entre um estágio e outro leva uns vinte minutinhos (com o tempo leva menos, mas no começo a média é essa). Enquanto nos adultos o ciclo de sono leve – sono profundo – sono leve de novo (conhecido como ciclo circadiano) dura em torno de 90 minutos, nos bebês dura de 50 a 60 minutos. Isso explica por que eles despertam mais do que nós. Além de dormirem profundamente por menos tempo, eles também acordam mais do que a gente durante a noite.  Se nessa mudança de ciclo, algo o incomodar (como a fome ou frio), ele vai acordar de verdade. E haja balanço e mamá para fazê-lo dormir de novo.

Mas por que, meu Deus, esse mundo é tão imperfeito? Por que bebês acordam mamães exaustas durante meses?

Bebê chorando

Eu não sei por quê! Me desculpa!

Por três motivos: sobrevivência, desenvolvimento e imaturidade neurológica. 

Galera, não foi eu que inventei essas justificativas. Tudo o que eu vou falar tem comprovação científica. Mas – o mais importante – assim que você ler vai acalmar sua mente e perceber que sempre soube disso por uma questão de intuição. É assim mesmo. Agora vou explicar racionalmente os porquês. 

O bebê é pequenininho, certo? Imagine então o tamanho do estômago dele. Grãozinho de feijão. Muito minúsculo. Daí entra outro fator: o leite materno é super fácil de digerir. Resultado: o bebê fica com fome mais rápido mesmo. Por isso mama o tempo todo (tem outros motivos que explico nesse post aqui). Por isso, acorda o tempo todo para mamar. Para garantir o alimento. Porque se ficasse dormindo pesadão iria morrer de fome, literalmente. Mas não só: qualquer ameaça à vida dele o faz despertar mesmo. Seja uma obstrução nasal, o cobertor que encostou no rosto, enfim, ele vai acordar e se comunicar (chorando, claro). Tem que ser assim. O bebê vem programado para sobreviver.

Outro fator citado lá no início: desenvolvimento. Por que você acha que o bebê tem mais períodos de sono leve que pesado? Para que o cérebro dele cresça como deve. O crescimento do cérebro do bebê no primeiro ano é magnífico. E continua assim durante a primeira infância. Nesse começo, o bebê aprende muito. E aprende atividades que vão ser essenciais na vida dele daí em diante. É claro que ele vai ser diferentão mesmo.

Durante o sono leve o cérebro mantém atividades de aprendizado, já durante o sono pesado, só o básico fica ligado, o resto apaga. Daí a importância dos bebês dormirem leve. Se dormissem pesado desde o início não aprenderiam como devem. É a natureza, baby!

Por último, nos primeiros meses o bebê não atingiu ainda a maturidade do sono. Precisa de uma forcinha dos pais para isso (na maioria dos casos). Com o tempo (e digo isso por experiência própria), ele vai estabilizando, até chegar o dia que ele vai te premiar com uma noite inteira de sono. Mas isso só quando ele estiver pronto.

A gente tem que perder um pouco essa mania de querer que tudo aconteça rápido. A natureza tem seu próprio ritmo. Aproveite o período que o seu filho precisa de você para tudo para ser isso mesmo: tudo para ele. Já que você sabe que vai ter que acordar de madrugada por meses, lide com isso de forma amorosa, entendendo que seu bebê precisa sentir que está seguro. Pode ter certeza que isso fica introjetado no inconsciente dele. Depois faço um post mais detalhado com dicas para ter uma boa noite de sono fragmentada. Sim. É possível. 

Ah! Parte das informações sobre o assunto, eu consegui nesse site aqui (está em inglês, mas tem versão traduzida também. Qualquer coisa, tem o querido Google Tradutor, né?). Dá uma olhada se tiver duvidando de mim (rsrsrs). 

Anúncios

8 comentários sobre “Por que meu bebê não dorme a noite toda?

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s